Tudo o que você precisa saber sobre 13º salário

O final do ano se aproxima e as expectativas quanto ao 13º salário começam a surgir. Muitos funcionários contam com esse pagamento para quitar as dívidas que se acumularam no decorrer do ano, planejar as férias, comprar os presentes de natal da família, entre outros planos. Mas, alguns empregadores acabam esquecendo de calcular esse gasto com a folha de pagamento da empresa (que muitas vezes é dobrado) e podem ter problemas.

O fato é que o pagamento deste é obrigatório, e ter uma assessoria contábil pode evitar muitas dores de cabeça, como fechar o ano no vermelho, ter problemas com a legislação trabalhista, entre outros.  Aqui vamos esclarecer a você, empregador, as dúvidas que poderão surgir.

Houve mudanças das datas devido a pandemia do Corona Vírus?

Não. A regra estabelece que o 13º seja dividido em duas parcelas, e de acordo com a CLT (Consolidação das Leis Trabalhitas), a primeira tem que ser depositada até o fim deste mês (novembro).

Qual o valor da primeira parcela?

O funcionário recebe metade do salário normal se trabalhou o ano inteiro e se trabalhou apenas alguns meses, recebe o proporcional.  Dessa forma:

Trabalhou o ano inteiro e ganha salário de R$ 2.000:

R$ 2.000 ÷ 12 (meses do ano) = R$ 166,66

R$ 166,66 x 12 (meses trabalhados): R$ 2.000

Valor da 1ª parcela: R$ 2.000 x 50% = R$ 1.000

 

Trabalhou quatro meses e ganha salário de R$ 2.000:

R$ 2.000 ÷ 12 (meses do ano) = R$ 166,66

R$ 166,66 x 4 (meses trabalhados) = R$ 666,66

Valor da 1ª parcela: R$ 666,66 x 50% = R$ 333,33

Quando deverá ser pago a segunda parcela?

A parcela final deve ser paga até o dia 20 de dezembro e corresponde a outra metade, descontando contribuições sociais. São elas:

  • Previdência Social (conforme tabela)
  • Imposto de Renda (conforme tabela progressiva, os rendimentos até R$ 1.903,98 estão isentos da retenção do imposto)
  • Pensão alimentícia (se houver).

Como facilitar o pagamento do 13º salário?

O cotidiano empresarial pode ser exaustivo e demandar muito tempo e disponibilidade do empresário. Por isso, para facilitar a 0organização das finanças é fundamental ter uma empresa contábil que cuide da contabilidade da empresa. O contador tem a função de organizar as finanças durante todo o decorrer do ano, dessa forma é possível estabelecer um planejamento que organize a folha de pagamento dos funcionários, preveja os gastos e não tenha imprevistos. A melhor forma de economizar dinheiro e não fechar o ano no vermelho é com um planejamento, e nisso a JM Contabilidade pode te ajudar.

Fale conosco!

Política de comentários: adoramos comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *